Barra Mansa Cultura

Orquestra de Barra Mansa faz segundo concerto da temporada 2018


Um repertório com obras de Villa-Lobos, Vivaldi e Mozart, é o que apresenta a OSBM (Orquestra Sinfônica de Barra Mansa) nesta quarta, 28, no segundo concerto da sua Temporada 2018. A apresentação será no Instituto Cultural Municipal, em Barra Mansa, às 20 horas, com entrada franca e censura livre.

A regência será de Nilton Soares, e o concerto terá a participação dos trompetistas Alexandre Inácio e Filipe Fraga, solistas da OSBM.
Segundo o diretor Artístico da OSBM, Vantoil de Souza, junto a músicos e regentes convidados, essa temporada será marcada também pela maior participação de solistas da própria orquestra.

“Nossa temporada tem por característica receber convidados com o objetivo de proporcionar à população a oportunidade de ver esses artistas, tanto do Brasil, quanto de outros países, se apresentando com a orquestra, além, é claro, de promover um intercâmbio, uma troca de experiência com nossos músicos. Mas, esse ano, vamos abrir um espaço maior para solistas da própria orquestra, para que o público possa conhecer melhor o talento e a qualidade desses profissionais – explicou Vantoil.

O concerto será aberto com “Bachianas Brasileiras No 9”, do brasileiro Heitor Villa-Lobos. Essa obra faz parte de uma série de nove composições em que foi fundido o riquíssimo material folclórico brasileiro ao estilo do consagrado compositor Bach.

Em seguida, a OSBM executará o “Concerto Para Dois Trompetes”, do compositor italiano Antonio Vivaldi, contando, nesse momento, com a participação dos solistas Alexandre Inácio e Filipe Fraga. Para encerrar a noite, será apresentada a “Sinfonia No 41 em Dó Maior”, do austríaco Wolfgang Amadeus Mozart. Também denominada “Jupiter”, foi sua última sinfonia, escrita em 1788, três anos antes de sua morte.

Para o presidente da Associação da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa, Alexandre Martins, é muito importante abrir esse espaço para solistas da Orquestra, valorizando a “prata da casa”.

“Temos músicos de altíssima qualidade compondo nossa orquestra e é muito importante valorizar e dar visibilidade ao trabalho desses profissionais. Tenho certeza de que quem for ao concerto vai ter uma grata surpresa com essa apresentação”, falou Martins.

Deixe seu comentário